Fora do Sete, Tony Montalvão pode retornar ao Itapor

0
21

A participação do Sete de Dourados na Série D do Campeonato Brasileiro deve ter sido mesmo a última competição da parceira do clube com a TNY Sports. Nesta terça-feira (27), em entrevista ao programa Grande Esportes, Tony Montalvão, ainda gestor do Sete, disse que as negociações para retornar ao Itaporã estão adiantadas, mas que a possibilidade de se transferir para o Ubiratan, embora mínima, ainda existe.

Tony deixa o Sete após dois anos, bem antes do projeto que previa dez anos de parceria e longe do objetivo de conquistar o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro. Ele assumiu o clube no fim de 2015 e, no ano seguinte, o levou ao título estadual, ótimo resultado para um clube que apenas duas vezes conseguiu passar pela primeira fase em dez anos. Em seguida disputou a Série D do Brasileiro e foi o primeiro time do MS à avançar de fase.

Neste ano, o ponto alto foi passar a primeira fase da Copa do Brasil, eliminando o River-PI e caindo para o Sport-PE, no primeiro jogo da história do Sete contra um clube da Série A do Campeonato Brasileiro. No Estadual, foi o quarto colocado e na Série D do Brasileiro, caiu na primeira fase. Ainda disputou a Copa Verde, na vaga herdada com a desistência do Atlético-GO, mas foi eliminado na fase preliminar pelo Ceilândia-DF.

Apesar do bom primeiro ano, os resultados desta temporada foram abaixo do esperado. “A sensação é de missão não cumprida. O acordo com o clube previa dez anos de parceria e, em cinco, poder estar disputando a Série C do Brasileiro ou até a B. Após esses dois anos vimos que o apoio para viabilizar esse projeto não viria e sem dinheiro, infelizmente, não se faz futebol”, afirmou.

De acordo com o dirigente, o desligamento do Sete não será, inicialmente, total, já que o clube ainda tem pendências dessas duas temporadas que precisam ser quitadas e Tony afirmou que pretende entregar o Sete sem dívidas. “Foi assim que o Alex Lima [presidente] passou o Sete para mim e é assim que quero devolver”, decretou.

Futuro

Fora do Sete, a sequência de Tony Montalvão no futebol sul-mato-grossense não deve ser longe de Dourados. Com a família residindo na cidade, ele negocia a volta ao Itaporã para disputar a Série B do Campeonato Estadual neste segundo semestre, ou mesmo assumir o futebol profissional do Ubiratan.

Tony conversou com dirigentes dos dois clubes, mas segundo ele, a proposta do seu ex-clube foi mais efetiva. “As negociações estão bem adiantadas em relação ao Itaporã. Digamos que a possibilidade de retornar é de 90%. Mas ainda existem esses 10% porque preciso ouvir a proposta do Ubiratan. Tenho um relacionamento muito bom com o Joaquim Soares, mas confio nas pessoas que hoje representam o Itaporã”.

Independente do seu destino, Tony disse que a equipe que esteve com ele no Sete deve seguir junto, como a Comissão Técnica capitaneada pelo, agora ex-jogador, Márcio Santos, com Betinho Freitas como gerente de futebol. Alguns jogadores também devem seguir, como o volante Eduardo Arroz, o meia Otacílio Neto e o atacante Leandrinho. “Além deles tem ainda o volante Primo e o atacante Luquinhas, que são aqui de Dourados. E estamos observando jogadores que estão disputando o Campeonato Amador da Leda, com alguns do Inter Flórida que eu gostaria de contar na disputa da segunda divisão”, encerrou.

Dourados Agora

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui