Sessão debate sobre ‘Setembro Amarelo’ mês de conscientização a depressão e prevenção ao suicídio

0
19
A sessão foi realizada na noite de segunda-feira (28) na Casa de Leis [Foto: Eder Gonçalves]

As ações que serão desenvolvidas durante o ‘Setembro Amarelo, Mês de conscientização a depressão e prevenção ao suicídio’, foram discutida durante a 28ª sessão ordinária realizada na Câmara de Dourados. Na ocasião, fizeram uso da tribuna livre o acadêmico de psicologia e coordenador do Setembro Amarelo, Sandro de Toledo, e autor do livro “Abusos, Lâminas e Depressão, Rafael Barbosa Alencar”.

“Gostaria de convidar a todos para a campanha que se iniciará no dia primeiro de setembro. Durante o mês serão realizadas palestras na Unigran, um curso de prevenção ao suicídio, campanha de conscientização na Praça Antônio João, entre outras atividades. O encerramento será no dia 29, com palestras. Gostaria de agradecer o apoio da Casa e conto com a participação de todos”, disse Sandro.

Já Rafael Barbosa Alencar falou da importância da comunicação e assegurou que a depressão é saúde pública. “Estamos aqui para fazer memória de várias pessoas que morreram por conta da depressão, pois muitas das vezes não separamos um tempo para conversarmos e dizer que viver vale a pena”, contou.

A vereadora e presidente da Casa de Leis, Daniela Hall (PSD), falou da importância das ações que serão realizadas durante o mês, para conscientizar a população, já que podemos conhecer alguém com a doença, porém não perceber. “Temos que dar mais atenção as pessoas que estão ao nosso lado, as vezes estão buscando um socorro. As ações que serão realizadas durante este mês são muito importantes. Há muitas pessoas que sofrem com essa terrível doença, fora as que já perderam a vida por conta dela”, enfatizou.

Os vereadores Sérgio Nogueira (PSDB), Marçal Filho (PSDB) também falaram da importância das ações que serão desenvolvidas durante o mês de setembro.

Indicações e requerimentos

Dando continuidade aos trabalhos durante o uso da tribuna livre, o vereador Cido Medeiros (DEM) solicitou a administração municipal à instalação e revitalização do campo de futebol do Parque das Nações II e a implantação de uma ciclovia na Rua Honduras, no trecho que corresponde a Rua Filomeno João Pires e BR-163 e que divide o Parque das Nações II.

Carlito do Gás (PEN) indicou a pintura de sinalização de quebra mola, faixa de pedestre e a implantação de sinalização indicativa na esquina das Rua Dom João IV com a Rua Clóvis Cersósimo de Souza, em frente ao Ceim Ivo Benedito Carneiro e também a realização de obras de contenção do processo erosivo do Córrego Paragem no trecho que cruza a Rua Palmeiras.

Já Idenor Machado (PSDB) indicou a manutenção dos parques infantis instalados nos Centros de Educação Infantil do município e limpeza e remoção de entulho da Rua Alberto Ribeiro Martins no Monte Carlo que dá acesso a Avenida Guaicurus.

Silas Zanata (PPS) requereu providências em viabilizar um trator para atender definitivamente a Associação de Produtores da Agricultura Familiar do Guassuzinho e a reforma dos banheiros da Praça Antônio João.

Jânio Miguel (PR) solicitou, em caráter de urgência, a retirada dos quebra molas em ruas que foram implantados semáforos e também a reavaliação da medida que implantou as faixas amarelas na Rua Monte Alegre.

Braz Melo (PSC) requereu estudo para a realização de convênio com o Hospital da Missão Caiuá para o arrendamento de leitos para a transferência de pacientes do Hospital da Vida que estão em período de convalescência, aguardando alta e também solicitou informações a CCR MSVia sobre o recolhimento do ISS para a prefeitura de Dourados, qual o valor mensal recolhido e uma cópia da planilha com o valores de 2016 e 2017.

Bebeto (PR) e a Comissão de Habitação requereram, caso ocorra o repasse do duodécimo pelo legislativo, que os recursos sejam aplicados na infraestrutura urbanística dos loteamentos urbanos e também na nomenclatura das ruas da cidade.

Junior Rodrigues (PR) solicitou estudos para a instalação de uma academia ao ar livre no distrito de Itahum e também sinalização horizontal e vertical na Rua Mato Grosso em frente à escola Cantinho da Criança.

Olavo Sul (PEN) indicou a reposição de medicamentos no posto de saúde do distrito de Vila Vargas e redutor de velocidade na Rua Eulália Pires, localizada na Vila Cachoeirinha.

Projetos

Durante a sessão os vereadores aprovaram três projetos, sendo um em única discussão e votação e dois de única discussão e votação. O primeiro a ser votado e aprovado foi o Projeto de Lei Complementar nº 012/2017, de autoria do vereador Idenor Machado (PSDB), que acrescenta dispositivo na Lei Complementar nº 205/2012, que dispõe sobre o Zoneamento, Uso e Ocupação do Solo e Sistema Viário, (Canteiro Central).

Dando continuidade aos trabalhos também aprovados por unanimidade o Projeto de Resolução nº 006/2017, de autoria da Mesa Diretora, que Institui e Regulamenta o Sistema de Controle Interno da Câmara Municipal de Dourados e dá outras providências e o Projeto de Resolução nº 007/2017, de autoria da Mesa Diretora, que Regulamenta a Controladoria da Câmara Municipal de Dourados e dá outras providências.

Assessoria CMD

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui