Dono de rinha de galos é preso e multado em R$ 4 mil

0
24

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande desmontaram esquema de rinha de galos, que seria propriedade de um jovem de 22 anos, residente no Jardim Noroeste. No local, a PMA resgatou oito aves da espécia galo-índio (Gallus gallus domesticus) que estavam confinados em gaiolas com restrição de movimentos, privação de luz solar e circulação aérea inadequada.

Os animais apresentam diversos ferimentos na crista e peito, algumas estão mutiladas, com as esporas cortadas, sinais característicos de emprego dos animais em rinhas.

No local ainda foi encontrada uma arena (rebolo) que é utilizada para colocar os animais em briga, o que ratifica que o local funcionava como uma rinha, apesar de não estar havendo brigas no momento da vistoria. Os animais e caixas foram apreendidos.

O suspeito de 22 anos, residente no local, foi conduzido à delegacia pela Polícia Civil na Capital, juntamente com os animais e materiais apreendidos e responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais.

A PMA confeccionou um auto de infração administrativo e aplicou multa de R$ 4 mil contra o infrator e encaminhou os animais para o Centro de Controle de Zoonoses, na Capital.

Informações ou denúncias que possam ajudar o trabalho policial, devem ser repassadas pelos telefones: Polícia Militar: 190; Polícia Rodoviária Federal: 191; SIG: 3411.8080; DOF: 3411.8080; Defron: 3410.4800; Polícia Federal: 3410.1700 e 3420.1757; Polícia Civil – 1º Distrito Policial: 3411.8060; Polícia Civil, 2º Distrito Policial: 3424.6911 e 3424.5633, Guarda Municipal: 199; Polícia Militar Ambiental (PMA): 3357-1500– 9905-7763 – vivo – WhatsApp/ 9106-8628 – Claro / 8171-4270 – (Tim)/ 8475-0553 (Oi).

Dourados Agora

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui