Alunos do Sesi de Dourados conquistam 2º lugar na Olimpíada Brasileira

0
12

Os alunos da 2ª série do Ensino Médio da Escola do Sesi de Dourados classificados para a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, que começou na última sexta-feira (28) e terminou nesta segunda-feira (30), em Barra do Parai (RJ), ficaram em 2º lugar na categoria Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG).

Como premiação, a equipe composta pelos alunos Eduardo Goulart, Giovane Alencar e Pedro Henrique ganharam troféu e medalhas.

Na avaliação do superintendente do Sesi, Bergson Amarilla, o resultado representa o trabalho desenvolvido em sala de aula. “É uma satisfação muito grande conquistar o 2º lugar em uma competição em que participamos pela primeira vez. É um sentimento de dever cumprido nessa proposta do Sesi de investir em todas as áreas do conhecimento, deixando nossos alunos mais críticos e mais preparados”, declarou.

Segundo o professor Wesley Sarati, que leciona a disciplina de Física na Escola do Sesi de Dourados, a sensação é de muita felicidade. “É muito satisfatório ver todo o trabalho que foi construído durante um tempo e alcançarmos nosso objetivo. Essa é a primeira vez que participamos de uma competição nacional e foi uma oportunidade única de aprendizado, de contato com novas culturas e acredito que tudo isso agrega valores. Agora é comemorar e nos preparar ainda mais para que no ano que vem conquistemos o 1º lugar”, afirmou.

Repercussão

O aluno Giovane Alencar destacou a alegria da conquista. “Estamos muito felizes por participarmos dessa competição e ainda mais conseguirmos conquistar o 2º lugar e levar para casa um troféu. Vamos tentar aprimorar nosso foguete para o ano que vem alcançarmos o 1º lugar”, disse.

Para o aluno Eduardo Goulart, participar da competição foi uma experiência incrível. “Eu pude conhecer pessoas diferentes, de outros Estados, fazer novas amizades e conhecer novas culturas. E nem tenho palavras para descrever a sensação de ser vice-campeão em uma competição que participamos pela primeira vez. Estou muito feliz”, finalizou.

Sobre a Olimpíada

A Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica tem como objetivo fomentar o interesse dos jovens pela Astronáutica, Física, Astronomia e ciências afins, promover a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa.

Durante os três dias de evento, os estudantes participaram de conferência e palestras voltados para a Astronomia e Astronáutica, conheceram o planetário, apresentaram seus projetos dos foguetes, realizaram lançamentos e fizeram uma oficina de construção de foguetes com combustíveis sólidos.

Dourados News

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui