Servidores invadem Assembleia e PM revida com bombas

0
6
Protesto tomou conta da ALMS - Crédito: Mirian Machado/Campo Grande News

Servidores públicos impedidos de entrar na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul protestam desde a manhã de hoje (29) no local contra a votação do projeto de reforma da previdência estadual. Há pouco, confusão terminou em tumulto.

Conforme a imprensa da Capital, algumas pessoas quebraram o vidro da entrada da Casa de Leis. Houve revide por parte da Polícia Militar que chegou a atirar bombas de efeito moral contra os manifestantes.

Antes, foi determinado a distribuição de senhas a servidores e convidados para que acompanhassem o ato legislativo de hoje.

Essa não é a primeira vez que a Assemebleia se torna alvo dos servidores.

Na quinta-feira passada a sessão chegou a ser suspensa e a segunda votação da proposta do Executivo não chegou a ser votada. Desde ontem o funcionalismo público tem pressionado os deputados para que o projeto não seja votado antes de ser melhor debatido.

O governo do Estado alega a necessidade da reformulação para que haja equilíbrio nas contas.

Campo Grande News

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui