Enfermeiros do HV e UPA fazem manifesto para cobrar o pagamento de dezembro

0
7

Enfermeiros e servidores administrativos da Fundação de Saúde de Dourados (Funsaud) fazem mobilização em frente ao Hospital da Vida (HV) para reinvindicar os salários referentes ao mês de dezembro de 2017.

O Sindicato de Enfermagem de Mato Grosso do Sul acompanha o manifesto desta quinta-feira, que conta com representantes da categoria atuante no HV e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Em entrevista esta manhã, ao DouradosAgora, o presidente da Comissão de Funcionários da Funsaud, Robson Adriani Roques Dauzacker, disse que a intenção é cobrar o pagamento do mês passado sem, no entanto, interromper os serviços à população. “O atendimento está mais lento, mas prossegue, para não prejudicar os pacientes”, disse ao DouradosAgora que acompanha o manifesto

De acordo com Robson, a categoria está sobrecarregada financeiramente devido a contratempos no pagamento dos salários, que ocorrem desde o ano passado, e afetam principalmente funcionários que ganham acima de R$ 3,3 mil; é o caso dos trabalhadores com nível superior em enfermagem.

“Eles alegam que o repasse será feito no próximo dia 15 de janeiro. Estamos aguardando um posição a respeito”, enfatiza Robson Adriani Roques Dauzacker.

Os fundos para quitação dos pagamentos aos funcionários da Funsaud vêm de convênios entre a prefeitura de Dourados, Estado e União, para o atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo o presidente da Comissão, a Funsaud conta com 600 funcionários, sendo 400 lotados no Hospital da Vida (HV) e 200 na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Dourados Agora

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui