Jornal: Real oferece R$ 36 mi de aumento a CR7 para igualar salário de Neymar

0
9

O Real Madrid pretende contornar a insatisfação de Cristiano Ronaldo com uma proposta generosa. Segundo o jornal “ABC”, o clube merengue quer oferecer um aumento de € 9 milhões (R$ 36 milhões) ao português e, assim, pagá-lo um salário anual de € 30 milhões (R$ 120 milhões), o equivalente, por exemplo, ao que Neymar recebe no Paris Saint-Germain. Atualmente, o melhor jogador do mundo ganha € 21 milhões (R$ 84 milhões) por ano, muito embora esse valor possa chegar a € 25 milhões (R$ 100 milhões) com os bônus contratuais.

Nas últimas semanas, a imprensa local vem noticiando que a situação de Cristiano Ronaldo no Real Madrid é delicada e, após nove temporadas no time merengue, o português tem chances reais de deixar o clube. Segundo o jornal “El Mundo” publicou neste mês, o jogador, cujo vínculo com os merengues vai até 2021, gostaria de ter vencimentos iguais aos de Messi, no Barcelona. Cristiano receberia € 21 milhões (R$ 81 milhões) fixos por ano, enquanto o argentino tem salário que ultrapassa os € 40 milhões (R$ 155 milhões) anuais.

Mas o jornal português “Record” apareceu com outra versão e informou nesta semana que o desgaste não tem relação com salário ou pedido milionário para renovação de contrato, como vêm insistindo veículos de imprensa ao redor do mundo nas últimas semanas. O diário conta que o craque está profundamente incomodado com a imagem de mercenário que lhe foi empregada.

– Não é pelo dinheiro. O problema não é a renovação – teria dito o jogador a pessoas mais próximas.

Um dos motivos da mágoa de Cristiano Ronaldo com o Real, ainda segundo o jornal português, foi o investimento considerado pequeno na montagem do elenco para a atual temporada. O clube merengue vendeu na última janela de transferências jogadores como Pepe (para o Besiktas), Morata (para o Chelsea) e James Rodríguez (para o Bayern de Munique).

A postura do Real Madrid diante do julgamento por ser expulso e empurrar o árbitro no clássico contra o Barcelona no início da temporada também pesa. Cristiano Ronaldo teria se sentido abandonado pelo clube. “O recurso foi uma formalidade, a defesa pública foi quase inexistente”, escreve o “Record”. CR7 pegou um gancho de cinco jogos na ocasião.

Globo Esporte

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui