Pescaria ilegal é flagrada no Parque Antenor Martins

0
9

A Defesa Civil e Guarda Municipal de Dourados flagraram na manhã desta segunda-feira (05), ações de pesca ilegal no lago do Parque Antenor Martins, região oeste da cidade. Os petrechos foram retirados do local e os autores não foram identificados até o final da manhã.

Várias armadilhas de garrafas amarradas com anzóis, conhecidas como “João bobo”, estavam espalhadas pelo lago. A utilização deste meio para pesca é crime.

O coordenador da Defesa Civil, Ademir Martins, destacou que no Parque é permitida apenas a pesca esportiva com varas e em datas estabelecidas conforme cronograma da Funed (Fundação de Esportes de Dourados).

A Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul esclarece por meio da ‘Cartilha do Pescador’, disponível em site institucional, sobre os meios ilegais de pesca, que são: cercado, pari, anzol de galho, boia ou qualquer outro aparelho fixo, do tipo elétrico, sonoro ou luminoso; fisga, gancho ou garateia, arpão, flecha, covo, espinhel ou tarrafão, substâncias tóxicas ou explosivas e qualquer outro artefato de malha (rede, tarrafa e outros).

Quem for flagrado na prática de pesca com este tipo de item responde por crime ambiental e está sujeito às penalidades da lei n° 9.605 de 1998.

Foto – A. Frota

Agente da Defesa Civil mostra armadilha de pesca ilegal

 Agente retira “joão bobo” com exemplar fisgado, no lago do Parque Antenor

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui